7 Formas de reduzir custos na empresa

reduzir custos na empresa

7 Formas de reduzir custos na empresa

Veja no post de hoje 7 formas de reduzir custos na empresa e o que fazer para alcançar maior eficiência financeira.

 

Todos os meses é a mesma coisa. Você faz o fechamento mensal e se assusta com o valor dos custos que sua empresa tem.

Então, começa a pensar se é possível diminuir esses custos sem grandes impactos ao valor que a empresa oferece ao seu cliente.

A resposta é sim! Existem coisas que todas as empresas podem fazer para melhorar a relação entre custos e lucros. É o que você verá no post de hoje.

 

Como reduzir custos na empresa?

1 – Era digital

Primeiramente, lembre-se de que você já vive em um tempo onde diversos processos podem ser feitos digitalmente.

O principal ponto aqui é migrar a maior parte da sua documentação e emissão de vias para o ambiente digital.

O custo que se tem com papel e tinta de impressora pode ser assustador para empresas que não estão fazendo isso digitalmente.

Então, ao migrar para o computador e para a internet, você notará uma enorme redução de custos.

Além disso, os documentos digitais tornam tudo mais fácil e mais rápido. Basta um período de adaptação.

 

2 – Cultura da economia

Uma das formas de reduzir custos nas empresas é instaurar a cultura da economia e difundi-la entre todos os colaboradores.

Dentro dessa cultura, devem estar itens como economia de água, de energia elétrica e de material de escritório.

Mas, além disso, você deve estabelecer uma verdadeira cultura, uma forma de pensar totalmente voltada à economia.

Isso vai impactar em todos os processos, decisões e na atuação dos profissionais em si.

Evite desperdícios, otimize o tempo, melhore os resultados de processos e construa suas atividades sobre uma base mais econômica.

 

3 – Encontre e solucione as falhas

Retrabalho é sinônimo de desperdício e custo. Quando algo não vai bem, frequentemente é necessário refazer.

Se isso acontece com frequência, os custos da sua empresa estão aumentando sem você perceber.

A melhor dica que podemos dar nesse sentido é começar a mapear as falhas dentro de cada processo e encontrar formas de liquidá-las.

Conforme você começa a solucionar essas falhas, elas deixam de gerar retrabalho e os resultados são entregues com mais qualidade em menor tempo.

Isso aumenta a eficiência da sua empresa e eleva o nível de profissionalismo, além de, é claro, reduzir custos.

 

4 – Otimize os processos

Mas nem só de eliminar as falhas vive a otimização de processos. Na verdade, para reduzir custos na empresa, existem muitas formas de otimização.

Observe cada processo executado dentro da sua empresa e, por melhor que ele seja, tente pensar como ele poderia ser ainda melhor.

Talvez, uma matéria-prima que você esteja usando pode ser trocada por outra mais barata e com a mesma eficiência.

Ou, ainda, um processo que está indo pelo caminho A pode ser completado mais rapidamente se for pelo caminho B.

A otimização de processos é uma arte e um de seus resultados é a redução de custos.

 

5 – Contratos

Será que todos os contratos da sua empresa estão de acordo com sua visão? Ou será que alguns saem do que você vê como ideal?

Se esse for o caso, analise seus contratos minuciosamente e entenda o que pode ser melhorado neles.

Entre em contato com seus prestadores e parceiros e tente uma negociação.

Em último caso, se a outra parte for irredutível e você não puder aceitar as condições, procure outra marca que te atenda melhor.

Assim, você consegue gerar economia de custos e mais eficiência em suas parcerias e prestações de serviços.

 

6 – Controle o estoque

O controle de estoque é indispensável para o bom funcionamento de qualquer empresa do setor comercial.

Se sua empresa vende produtos, você precisa de um controle de estoque em dia.

Não controlar o estoque gera perda, retrabalho, ineficiência na gestão de compras, além de perda de oportunidades de venda.

Faça a gestão de estoque o quanto antes, implementando um sistema de organização como PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai) e um inventário mensal.

Isso vai diminuir as perdas, ajudar a gerenciar melhor os produtos, saber o que comprar e quando, além de melhorar oportunidades de venda.

 

7 – Seja mais flexível

Por fim, a última forma de reduzir custos na empresa que vamos abordar hoje é a flexibilidade.

Você sabia que, sendo uma empresa flexível, sua marca consegue economizar dinheiro?

Um ótimo exemplo disso é permitindo que os colaboradores trabalhem parcialmente em casa durante a semana.

Fazendo isso, esses colaboradores não geram custo operacional para sua empresa, como vale-transporte, consumo de energia elétrica ou água.

Além disso, existem espaços exclusivos para empresas, como os escritórios compartilhados, que são muito mais econômicos e permitem ainda mais flexibilidade.

Veja nosso post sobre flexibilidade nas empresas e entenda melhor!